Posts

O impacto da integração da comunicação digital e presencial para o seu negócio

ipn

O que é ser “integrada”? Por muito tempo esse adjetivo dominou as agências. No momento em que muitas se descreviam como integradas, o próprio conceito caiu em questionamento. “É integrada, mas não capacita a minha área de atendimento e vendas?”; “Cria meu site, o promove em campanhas digitais, mas não trabalha a performance da minha linha de frente?”; “Gera leads, mas não compreende por que meu comercial não converte os leads em vendas?”; “Faz a minha identidade visual, mas não me divulga nos canais digitais?”, “Faz minhas mídias sociais, mas não me promove nas primeiras páginas do Google?”.

Neste contexto, surge a ACT Comunicação. Desde 2007, trabalhamos a comunicação como um processo muito mais amplo. Como destaca nossa Diretora de Negócios, Roberta Andrade: “Se a agência não entender a jornada do cliente como um todo, com foco em resultados de atração, venda, satisfação e retenção, não pode ser vendida como integrada”. Leia mais

Mídias Sociais para Escritórios de Advocacia

Como consultores de Marketing Jurídico para escritórios de advocacia, escutamos muito dos nossos clientes o questionamento se eles deveriam ou não usar as mídias sociais para a sua empresa. A ACT vem trazer alguma razões e recomendações para você dizer SIM!

Os grandes clientes já estão nas Mídias Sociais

Uma pesquisa recente realizada pela GEJUR (Gestão Jurídica Empresarial), em parceria com o FDJUR (Fórum de Departamentos Jurídicos para empresas), buscou analisar quais os fatores que influenciam o gestor jurídico (principal cliente/conector das grandes empresas com os escritórios de advocacia) a identificar e selecionar um escritório na prestação de serviços jurídicos. O estudo revela respostas bem interessantes relacionadas ao marketing digital. O envio de informativos (agora mais fortes no formato de email marketing) é indicado em 54.4%, o site do escritório em 49.6%, ferramentas de busca na internet em 42% e redes sociais em 39.6%. Todos esses, vindo, antes mesmo, das tradicionais brochuras do escritório. Não é este um dado bem diferente do que se via no âmbito jurídico há anos atrás? Veja o comparativo abaixo e leia mais.

Sendo assim, o Marketing Jurídico se tornou uma relevante ferramenta para repercutir no escritório de advocacia a imagem de ter autoridade no assunto.

Advocacia

Os grandes competidores já estão nas Mídias Sociais

De acordo com Adrian Dayton, advogado e autor do livro: Mídias Sociais para Advogados, todas as 100 firmas do AMLAW (ranking das 100 maiores empresas de advocacia dos Estados Unidos, com base no faturamento), possuem contas no Twitter. Ele ressalta que se uma empresa de advocacia não se comunica estrategicamente via mídias sociais, ela corre o risco de transmitir para os seus clientes (especialmente B2B – pessoas jurídicas) uma falta de engajamento com esses e podem estar perdendo a oportunidade de favorecer novos negócios, por meio das relações online. Para ler mais.

O que um escritório de advocacia pode fazer nas Mídias Sociais?

Buscar qualidade nos conteúdos ao invés de volume de informações. Uma empresa de advocacia deve ter uma estratégia focada e integrada com os valores do negócios. É preciso pensar, primeiramente, nos objetivos e público alvo que se deseja atingir com a comunicação via mídias. Se precisa de apoio para aprender a mapear suas personas, acesse este ebook que pode te ajudar!

No Twitter, por exemplo, o escritório deve se posicionar como um líder de conhecimento no mercado, mostrando a sua expertise e gerando novos negócios e parcerias, a partir de conversas estratégicas.

No Facebook, as empresas podem aproveitar para conectar de uma forma mais calorosa com amigos e parceiros da empresa, potencializando a divulgação de dados relevantes com pessoas que já acreditam no escritório de advocacia e que podem se tornar embaixadores da marca. Outra recomendação são os anúncios no Facebook, que são uma ótima estratégia para selecionar o público alvo que se deseja (confira post completo).

No Blog ou na página de notícias do site, a empresa deve convidar os profissionais especializados para escrever sobre temas atuais e de relevância para os clientes, para que estes possam sentir confiança na área de atuação e se interessarem por buscar a empresa. Criar informativos online a serem enviados aos potenciais clientes são uma forma de lembrá-los sobre o know-how e a autoridade que a empresa possui naquela área jurídica.

No LinkedIn, as empresas podem estabelecer uma presença firme, tendo cada advogado e parceiro conectado à página da empresa, o que garante mais respaldo a esta. Além disso, podem se conectar com grupos relacionados aos setores econômicos de atuação para auxiliar outras empresas com o conhecimento que possuem, gerando uma porta aberta para a busca pela parceria e relacionamento com influenciadores.

Independente da rede social que você escolher, lembre-se de fazer um plano de ação, que deve apoiá-lo na estratégia das postagens (eleição dos melhores horários, estudos dos posts que geram maior engajamento, realização de uma linha editorial de conteúdos, bem como, mensurar o retorno no investimento (ROI) que cada canal gera). Ou seja, quanto de fato sua atuação online tem repercutido favoravelmente nos seus resultados comerciais e de autoridade da marca e branding.

 

Quer conhecer o nosso trabalho de Marketing Jurídico ou precisa de ajuda para implementar as suas redes sociais, confira também: 

 

 

E também, Fale conosco!

LinkedIn Ads: ótima ferramenta para seu negócio

01.07.15LinkedIn é uma rede social, criada em 2003, totalmente voltada para o meio corporativo, que permite criar relacionamento com todo tipo de profissionais e fomentar o networking.  Leia mais

ESOCIAL – PARTE II

17.06.15

Recapitulando: no primeiro post da série, falamos sobre o que é o eSocial, sua importância para as organizações e explicamos que, para se adequar,  as empresas precisam ter todos os seus processos organizados e informatizados. Vimos ainda que existem vários tipos de ferramentas, plataformas e portais que vão agilizar processos e facilitar o dia a dia de todos os setores das empresas. Leia mais

REMARKETING: CONHEÇA ESSA FERRAMENTA

29.05.15
Ao visitar seu site, as pessoas têm diferentes experiências: algumas vão ficar muito tempo navegando, outras vão sair logo. Umas vão finalizar a compra (caso sejam feitas vendas pelo site) e outras vão chegar até o final, mas não vão comprar e, de uma forma geral, cada uma vai ter pontos de interesse específicos dentro do site. Leia mais

COMO OTIMIZAR SEU LINKEDIN: DICAS PARA EMPRESÁRIOS

06.05.15

Desde 2003, o LinkedIn pode ser descrito como uma rede profissional para o networking e a troca de informações e negócios. Leia mais

COMO O DESIGN RESPONSIVO VAI AJUDAR SUA EMPRESA A SE DESTACAR NAS BUSCAS DO GOOGLE?

29.04.15

Você já ouviu falar de design responsivo na criação de sites?

Sabe por que ele foi desenvolvido e qual sua importância nos dias de hoje?

O design responsivo é uma nova abordagem na criação de sites, que permite ao usuário visualizar seu site em diversos dispositivos sem prejudicar sua experiência com imagens pequenas ou fora de lugar e diversas barras de rolagem. Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO EMAIL MARKETING PARA A ESTRATÉGIA DE RELACIONAMENTO DE SUA EMPRESA

01.04.15

O email marketing é uma poderosa ferramenta para melhorar a comunicação e a interação entre sua empresa e seus clientes, e faz parte do processo do Inbound Marketing.

Diferente das malas diretas, que eram entregues pelo correio para qualquer pessoa, de forma invasiva e sem nenhuma segmentação, o email marketing é direcionado a um público previamente definido e traz conteúdos relevantes para fidelizar clientes usuais e atingir um novo público.

De acordo com algumas pesquisas, o email marketing traz várias vantagens para um grande público que se interessa por esse tipo de ferramenta. Se levarmos em consideração que 92% dos usuários de internet têm ao menos 1 conta de email e 72% checam seus email ao menos 6 vezes por dia, temosum público considerável e ávido por informações.

Clientes que recebem email marketing de empresas gastam em média 83% mais que os que não recebem. Mas cuidado, algumas regras devem ser observadas para que seu email marketing não se torne uma dor de cabeça para seus clientes:

– Não compre listas de emails – Comprar listas prontas de endereços fará com que pessoas que não se interessam pelo que você tem a oferecer recebam seu email marketing, e isso acaba manchando a reputação da sua marca.

– Design responsivo – O design deve se adaptar ao diferentes tipos de aparelhos (monitores, notebooks, smartphones e tablets).  38% dos usuários acessam seus emails pelo celular.

– Título – Seu email marketing deve conter um título impactante e simples, com menos de 50 caracteres.

– Conteúdo – Menos é mais. Seu conteúdo deve ser sucinto e direto ao ponto.

Se sua estratégia de email marketing seguir todos esses passos e for parte de uma estratégia maior de Inbound Marketing, suas taxas de conversão aumentarão e isso trará novos clientes e excelentes oportunidades de negócio.

Conheça a ACT e saiba como podemos ajudar você a ter uma estratégia comercial de sucesso.

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br

https://www.facebook.com/ACTComunicacao

https://twitter.com/actcomunicacao

https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o

www.actcomunicação.com.br

eSocial: Como adequar sua empresa às exigências desse novo sistema?

11.03.15

O eSocial é um projeto do governo federal que unifica, em um único sistema, o envio de informações dos  funcionários da empresa e o cumprimento de suas obrigações trabalhistas e fiscais de forma intuitiva. Ele faz com que toda a fiscalização seja feita de forma eletrônica, agilizando os processos internos, sem alterar em nada a legislação vigente.

Dentre suas diversas vantagens, estão:

– Integração dos sistemas informatizados das empresas com o ambiente nacional do eSocial, possibilitando a automação na transmissão das informações dos empregadores.

– Padronização e integração dos cadastros das pessoas físicas e jurídicas no âmbito dos órgãos participantes do projeto.

– Atendimento a diversos órgãos do governo para o cumprimento de obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias por meio de um único canal.

ADAPTAÇÃO POR PARTE DAS EMPRESAS

Para seguir as exigências do eSocial, as empresas precisam ter seus próprios processos internos totalmente informatizados e padronizados.

Para este fim, pode ser criado, entre outras ferramentas, um portal específico , chamado CSC (Central de Serviços Compartilhados)para organizar e agilizar os processos mais comuns, como admissão, demissão, rescisão, férias, além de poder acompanhar os andamentos desses processos em tempo real.

O conteúdo do portal dever ser específico para cada empresa e pode ser inteiramente customizável e personalizado de acordo com as suas políticas internas. Ex: Se as admissões só puderem ser efetuadas às segundas-feiras, de terça a domingo essa função do portal fica desabilitada).

O PROJETO

Para iniciar a consultoria de um projeto CSC e atender às exigências governamentais, é necessário compreender a estrutura de RH da empresa, as suas políticas internas e como os colaboradores reagem às mudanças. Reconhecendo que toda Tecnologia só funciona se as pessoas se engajarem, é importante conhecer os públicos que irão utilizar o portal, entender seus comportamentos e desenhar uma estratégia que os atenda, como por exemplo, se será mobile ou não e se deverá haver comunidades ou não.

Apenas após esta fase de conversar com as gerências e desenhar um plano de ação é que a tecnologia do portal será implementada.

Tecnologia

Toda a tecnologia envolvida na criação de um portal CSC trabalha a favor do eSocial,  informatizando e controlando melhor os processos do RH, o que ajuda a realizar as tarefas desse departamento nos prazos exigidos pelo eSocial.

O sistema do portal é totalmente personalizado, tanto em termo de design quanto de funcionalidade e apresenta grandes vantagens:

– É 100% centralizado na web (redução de e-mails, telefonemas e documentos em papel)

– Acesso 24 horas em qualquer local

– Integração com todos os departamentos

– Gestão de documentos

– Melhor comunicação interna

– Estrutura para atender às exigências do eSocial

ENGAJAMENTO: A FERRAMENTA PRINCIPAL

Após a implementação do portal, é necessário que os funcionários da empresa saibam que esse novo sistema está sendo implementado e o motivo pelo qual essa mudança está sendo feita. Tudo deve estar alinhado à missão, visão e valores da empresa.

Para isso, são criadas campanhas internas explicando os benefícios que os colaboradores e empresa como um todo terão e como eles serão atingidos para que o projeto ganhe mais força.

TREINAMENTOS E SUPORTE

O próximo passo do processo de implementação do CSC é o treinamento dos funcionários. Eles precisam conhecer  em detalhes esse novo sistema e saber como abrir chamados e interpretar as informações contidas no portal.

São criados treinamentos específicos para os funcionários responsáveis pelo suporte e atendimento do portal,  além dos líderes, que atuarão como multiplicadores da empresa. É realizado um alinhamento detalhado e acompanhamentos práticos no dia-a-dia, para que eles aprendam tudo sobre o CSC e se tornem multiplicadores, treinando suas próprias equipes.

Ao longo da implantação do novo portal, algumas estratégias de treinamento e capacitação são utilizadas de acordo com a demanda. Com isso a criação de um comitê gestor para manutenção da qualidade e melhoria contínua ou a capacitação de usuários.

VENHA DESCOBRIR COMO A ACT PODE OFERECER TODA A ESTRUTURA NECESSÁRIA PARA O SUCESSO DO SEU PROJETO!

act_logo (1)

 

 

 

 

Rua Santa Catarina, 1627 – 16º andar
Lourdes – Belo Horizonte, MG
(31) 3031-5990 / (31) 3889-8877

act@actcomunicação.com.br
https://www.facebook.com/ACTComunicacao                  https://twitter.com/actcomunicacao
https://www.linkedin.com/company/act-comunica-o
www.actcomunicação.com.br