ACT Comunicação indica!

Para saber mais sobre a linguagem não–verbal, indicamos dois livros, ambos, com preço acessível e fáceis de ser encontrados.
O livro “Desvendando os Mistérios da Linguagem Corporal” foiescrito por Allan e Bárbara Pease, especialistas em comportamento humano. Os autores descrevem diversos sinais transmitidos por meio da linguagem não-verbal que, se interpretados corretamente, podemmelhorar a sua comunicação. Você se torna capaz de perceber os sinais que demonstram receptividade, desprezo, atração, indiferença, mentira, além de conseguir controlar sinais indesejáveis que desconhecia que possuía, conseguindo transmitir uma imagem muito mais positiva e confiante. O livro é todo fundamentado em pesquisas científicas, o que, por si só, já o distingue dos demais.
O segundo livro, mais recente, intitulado “A Linguagem das Emoções” foi escrito por Paul Ekman, consultor da séria norte-americana (Lie to me). Esse livro revela a linguagem que está por detrás de cada expressão facial, fazendo com que o leitor compreenda melhor as emoções daqueles que estão ao seu redor.
Fica a dica da ACT COMUNICAÇÃO, para você, que deseja se comunicar melhor!
LIVROS

Fique atento à sua postura!

A nossa postura revela muito sobre nós e pode denunciar nossas emoções e desejos.
Isso acontece, pois,  a linguagem do corpo é o reflexo externo do nosso estado emocional. Se estamos felizes, a nossa postura tende a ficar ereta e flexível. Já se estamos tristes… nosso corpo responde permanecendo retraído e rígido.
Perceba as pessoas à sua volta, como elas estão? De braços cruzados? Se alguém, ao conversar com você, permanecer de braços cruzados, isso pode ser um mau sinal. Geralmente, o gesto de cruzar os braços significa uma tentativa inconsciente de bloquear tudo o que percebemos como ameaça ou circunstâncias indesejáveis.
A pessoa que permanece com os braços cruzados transmitedistanciamento, indiferença e pouca credibilidade. Mas cuidado! O outropode apenas estar com frio… Por isso, cabe um análise cuidadosa e muitas estratégias
podem lhe ajudar!
Para tentar “quebrar” essa postura do seu interlocutor, dê a ele um objeto para segurar ou algo para ele fazer (folhetos, caneta ou amostras, obrigam-no a descruzar os braços, colocando-o numa postura mais aberta e receptiva).
Ainda teremos várias outras dicas sobre postura, mas fique atento em relação à sua postura também!Ao se apresentar profissionalmente ou ao conversarcom um amigo, perceba como o seu corpo se comporta e demonstre alegria, comprometimento ecordialidade!

Comunicar muda tudo

act_logo (1)
Seja o que for: grandes gestos, pequenas palavras ou apenas escutando. Vamos dedicar esse blog ao melhor dos verbos – COMUNICAR!

De momentos inesquecíveis às rotinas do cotidiano, aqui será um espaço para conectarmos todas as nossas experiências e surpresas com a comunicação.
Sintam-se em casa e participem conosco!

Vai falar em público?

imagem post

 Você vai falar em público em breve? Que tal pegar lápis e papel? É isso mesmo! Esqueça o power point ou qualquer outra ferramenta digital,comece no papel! Pense, desenhe e escreva seu roteiro.
Antes de qualquer coisa você deve criar uma história. Os comunicadores eficazes planejam efetivamente, elaboram mensagens e títulos cativantes, que fazem com que a platéia não queira mais nada além de ouvi-los.
Tem uma pesquisadora que gosto muito, Nancy Duarte, e ela fala que: “o apresentador deve demorar cerca de 90 horas para criar uma apresentação de 1 hora de duração”. Aproveite esse tempo para pesquisar o tema, coletar dados com especialistas, organizar as ideias, conversar com colegas, consultar clientes e esboçar a estrutura da história.
 O sucesso, nessa primeira etapa, separa os comunicadores medianos dos fora de série. Dedique MUITO tempo a essa etapa e terá o sucesso garantido, pois, não há como resistir a uma boa história!
Existem alguns  elementos  que   são   fundamentais   a   uma   grande apresentação e certamente ter um slogan é um deles! Crie um slogan, uma mensagem curta que transmita o que você deseja transmitir à sua plateia. Não é por acaso que o twitter é o sucesso do momento: ele força as pessoas a serem assertivas e, em poucos caracteres, devem conquistar a nossa atenção. Então, faça o mesmo! Escreva sua ideia em poucos caracteres e a divulgue várias vezes ao longo da apresentação. Dessa forma, o conteúdo ficará fixo na memória do interlocutor e a mensagem será transmitida de forma atrativa e direta.
Outro elemento fundamental é transmitir paixão! Parece balela, mas realmente funciona. Fale sobre o que você gosta, sobre algo que te estimula, que te motive. Em sua apresentação, demonstre o amor e paixão que você tem pelo conteúdo que está falando. Dessa forma, seu entusiasmo será transmitido ao interlocutor, o que promoverá interesse pelo o que está falando!
É isso!   Pegue  papel  e  lápis,  escreva  sua   história   e  brinque   com   a imaginação da sua platéia!