Posts

O Chefe Espião – Cliente Oculto

UNDERCOVER BOSS

O programa de televisão “O Chefe Espião” é um reality show americano transmitido pelo canal GNT no qual, executivos de alto escalão e de grandes empresas, se disfarçam como empregados, por uma semana, e analisam o funcionamento da própria empresa.

“Ao lado dos funcionários, os dirigentes têm a oportunidade de conhecer de perto a realidade dos trabalhadores e saber o que cada um acha da empresa e de seus líderes. Eles analisam também quais os efeitos de suas decisões e onde realmente estão os problemas da firma. O desafio é ainda uma chance perfeita para os executivos conhecerem os heróis anônimos de suas empresas. No final, o chefe revela a sua verdadeira identidade e premia alguns dos funcionários com promoções e aumentos. Já outros não tão bem avaliados recebem mais treinamento e melhores condições de trabalho” (texto extraído do site do GNT).
Fica a dica da ACT VOZ para você se emocionar, se divertir e tirar algumas ideias inovadoras para a sua própria empresa!

Com que roupa eu vou!

Logotipo Com que roupa eu vouSão inúmeros detalhes que o orador tem que se preocupar antes de fazer uma apresentação em público. Devo usar microfone? Quais recursos audiovisuais estarão disponíveis? Qual o tipo de público vou enfrentar? Devo falar de maneira mais descontraída e engraçada para conquistar os ouvintes?

São decisões importantes a serem tomadas e que serão imprescindíveis para uma boa apresentação. Porém, muitas pessoas não se preocupam com o visual e a roupa que irão vestir no dia da apresentação. O ideal é usar um traje adequado à situação de apresentação, mas se houver dúvidas quanto à formalidade do evento, vá vestido formalmente. Por isso, hoje vamos dedicar sobre o tipo de roupa e o visual a serem usados em uma apresentação em público.
Sugerimos às mulheres:
–       Vestido / saia abaixo do joelho, terninho ou calça social e blusa.
–       Sapato com salto e sempre fechado.
–       Acessórios pequenos.
–       Cabelos? Vai depender de cada uma.
–       Unhas bem feitas e maquiagem leve.
–       Evitar: decotes, transparências, saltos muito altos e/ou sandálias (pois transmitem sensualidade), cores chamativas, roupas muito justas e acessórios exagerados (brincos e/ou colares muito grandes, relógios e/ou pulseiras barulhentas).
Sugerimos aos homens:
–       Calça social e blusa de manga comprida ou terno e gravata, se a ocasião pedir.
–       Sapato social.
–       Cabelos e barba bem feitos.
–       Evitar: relógio muito grande e cores chamativas.
Lembrem-se que a primeira impressão, seja através da imagem ou da comunicação, demora apenas 7 segundos para ser formada. Sendo assim, corra contra o tempo e cause a melhor impressão que puder!

Fique atento à sua postura!

A nossa postura revela muito sobre nós e pode denunciar nossas emoções e desejos.
Isso acontece, pois,  a linguagem do corpo é o reflexo externo do nosso estado emocional. Se estamos felizes, a nossa postura tende a ficar ereta e flexível. Já se estamos tristes… nosso corpo responde permanecendo retraído e rígido.
Perceba as pessoas à sua volta, como elas estão? De braços cruzados? Se alguém, ao conversar com você, permanecer de braços cruzados, isso pode ser um mau sinal. Geralmente, o gesto de cruzar os braços significa uma tentativa inconsciente de bloquear tudo o que percebemos como ameaça ou circunstâncias indesejáveis.
A pessoa que permanece com os braços cruzados transmitedistanciamento, indiferença e pouca credibilidade. Mas cuidado! O outropode apenas estar com frio… Por isso, cabe um análise cuidadosa e muitas estratégias
podem lhe ajudar!
Para tentar “quebrar” essa postura do seu interlocutor, dê a ele um objeto para segurar ou algo para ele fazer (folhetos, caneta ou amostras, obrigam-no a descruzar os braços, colocando-o numa postura mais aberta e receptiva).
Ainda teremos várias outras dicas sobre postura, mas fique atento em relação à sua postura também!Ao se apresentar profissionalmente ou ao conversarcom um amigo, perceba como o seu corpo se comporta e demonstre alegria, comprometimento ecordialidade!